Quais doenças dão direito à aposentadoria por invalidez do INSS?

O Benefício por Incapacidade Permanente do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), também chamado de Aposentadoria por Invalidez, pode garantir a renda de contribuintes do instituto que estejam acometidos por algumas doenças.

Essas doenças são listadas pela própria Previdência Social e, para que a Aposentadoria por Invalidez seja liberada, o contribuinte precisa, obrigatoriamente, passar pela perícia médica do INSS para comprovar sua situação.

Sendo assim, a doença em questão precisa ter afetado a pessoa a ponto de fazer com que ela seja inválida para o mercado de trabalho. Afinal, a doença em si não garante o benefício, mas sim o fato de a pessoa não conseguir mais trabalhar por causa dela.

Quem pode se aposentar por invalidez?

Na verdade, qualquer doença que invalidade a pessoa para o mercado de trabalho pode fazer com que ela tenha o direito à Aposentadoria por Invalidez do INSS. No entanto, o instituto possui a exigência de 12 meses consecutivos de contribuição como carência.

Além disso, é preciso que essa doença tenha se desenvolvido enquanto o trabalhador estava no período de segurado. Ademais, esses fatos devem ser provados através dos laudos e da perícia médica.

Contudo, nem todos os solicitantes da Aposentadoria por Invalidez precisam cumprir essas regras. Isso porque algumas doenças são consideradas graves e, assim, o INSS não exige a carência ou o período de segurado.

Lista de doenças graves do INSS

Veja a seguir a lista de doenças consideradas graves para o INSS:

  • Abdome agudo cirúrgico;
  • Acidente vascular encefálico (AVE) agudo;
  • Alienação mental, desde que tenha causado um transtorno mental grave;
  • Cardiopatia grave;
  • Cegueira;
  • Contaminação por radiação, desde que comprovada por um especialista da área;
  • Doença de Parkinson;
  • Esclerose múltipla;
  • Espondilite anquilosante;
  • Estado avançado da doença de Paget (também pode ser conhecida como osteíte deformante);
  • Hanseníase;
  • Hepatopatia grave;
  • Nefropatia grave;
  • Neoplasia maligna, ou seja, câncer;
  • Paralisia irreversível e incapacitante;
  • Síndrome da deficiência imunológica adquirida (Aids);
  • Tuberculose ativa.

Passo a passo para solicitar o Benefício por Incapacidade Permanente

É possível solicitar a Aposentadoria por Invalidez no aplicativo Meu INSS, que pode ser instalado tanto em Android quanto em iOS. O login é efetuado com os dados do Gov.br. Com o aplicativo aberto, basta clicar em “Benefício por Incapacidade”, fornecer os dados exigidos e concluir a operação.

Posteriormente você poderá acompanhar o andamento da sua solicitação clicando na opção “Consultar Pedidos”. Para isso, é necessário encontrar o seu processo na lista que será exibida e clicar em “Detalhar”.

Imagem: Joa Souza / shutterstock.com

Fonte: seucreditodigital.com.br