Preço da gasolina sobe após novas medidas econômicas

Recentemente, a Petrobras anunciou uma mudança na política de definição de preços e reduziu o preço dos combustíveis para as distribuidoras. No entanto, no estado do Ceará, o cenário foi outro. Por lá, o valor médio da gasolina subiu de R$ 5,82 para R$ 5,87, o valor mais caro da região Nordeste.

As informações foram divulgadas pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e se referem ao período do dia 14 ao dia 20 de maio. Em um município do Ceará, o preço chega a R$ 6,13 nas bombas. 

O anúncio da Petrobras aconteceu na última terça-feira (14). O presidente da estatal confirmou a redução de mais de 20% sobre os preços do diesel, gasolina e gás de cozinha para as distribuidoras. Era esperado que o impacto chegasse ao consumidor final. 

Preço na região Nordeste

A título de comparação, veja os preços registrados pela ANP nos estados da região Nordeste do país. 

  • Sergipe: R$ 5,10;
  • Pernambuco: R$ 5,19;
  • Paraíba: R$ 5,22;
  • Maranhão: R$ 5,30;
  • Bahia: R$ 5,39;
  • Rio Grande do Norte: R$ 5,65;
  • Alagoas: R$ 5,69;
  • Piauí: R$ 5,73;
  • Ceará: R$ 5,87.

No ranking nacional, em contrapartida, o estado do Ceará aparece em quarto lugar com o preço mais elevado do país. Em primeiro lugar, está o Amazonas. 

Redução no preço da gasolina 

De acordo com o anúncio da Petrobras, as reduções nos preços dos combustíveis e do gás de cozinha ficaram da seguinte forma:

  • Gasolina A: redução de R$ 0,40 por litro (-12,6%);
  • Diesel A: redução de R$ 0,44 por litro (-12,8%);
  • Gás de cozinha (GLP): redução de R$ 8,97 por botijão de 13 kgs (-21,3%).

Vale lembrar que outros fatores impactam o preço dos itens antes que cheguem até o consumidor final. Além disso, os postos têm autonomia para fazer os reajustes nos valores oferecidos aos brasileiros. 

Imagem: Pavel Kubarkov / shutterstock.com

Fonte: seucreditodigital.com.br